source
Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta
Anderson Riedel/PR

Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta

O DEM já abre sua discussão para lançar um nome como pré-candidato as eleições para a Presidência da República. Com isso, é possível vetar a ideia de que o partido apoiaria Jair Bolsonaro para um novo mandato em 2022. As informações foram apuradas pelo blog de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.  

Publicidade Publicidade

O nome mais forte para ganhar o apoio do partido seria de Luiz Henrique Mandetta , ex-ministro da Saúde. Ele seria o único que aparece com percentual de votos nas pesquisas para as próximas eleições. Porém, alguns líderes do DEM se preocupam com iniciativa. 

Tal ação poderia causar um certo desconforto em políticos que almejam por apoio em 2022, como por exemplo, possíveis candidatos como Luciano Hulk, Ciro Gomes e João Doria.

A desconfiança do partido em apoiar Bolsonaro teve início na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. Ali houve uma quebra no partido, que na votação acabou ficando neutro e ocasionou a vitória do candidato Arthur Lira (PP-AL). 

Comentários no Facebook