O corpo do prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo, está sendo velado, desde às 3h deste domingo (28), na sede da Prefeitura Municipal. O sepultamento está marcado para acontecer às 17h, em Alegre, e deve sair da prefeitura às 11h.

Braz, 70 anos, morreu na noite deste sábado (27), ao sofrer um infarto fulminante, quando retornava de Alegre, onde tem residência, para a casa, em Venda Nova. Ele estava sozinho no carro.

Publicidade Publicidade

Pelas redes sociais, a classe política capixaba lamentou a morte de Delpupo. Um deles foi o governador Renato Casagrande (PSB). “Sempre preocupado com seu povo e determinado em buscar o desenvolvimento de seu município, Braz Delpupo hoje nos deixa”, publicou ele em seu Twitter na noite de sábado (28).

Quem também fez uma homenagem à memória de Delpupo foi o deputado federal Evair de Melo. “Sem dúvida, o maior líder político da história de Venda Nova. Deixa um legado de amor e dedicação à sua terra e a sua gente”, escreveu ele.

Gilson Daniel, prefeito de Viana e presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), fez o mesmo. “Perdemos um grande homem público”, publicou ele.

Governador decreta luto oficial

O governador do Estado, Renato Casagrande, decretou luto oficial de três dias em decorrência da morte do prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo, ocorrida neste sábado (27). O decreto será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Estado.

Através de nota, a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes), por meio de seu presidente, prefeito de Viana, Gilson Daniel, e demais prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas dos municípios do estado lamentaram a morte de Braz Delpupo.

“Braz lutou de forma incondicional pela melhoria do município de Venda Nova, ao pleitear recursos, implementar importantes obras e manter-se firme na atuação de  garantir políticas públicas de qualidade a todos os munícipes, diz a nota dos prefeitos.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.