Na tarde desta quinta-feira (21), o Conselho Estadual de Saúde (CES) realizou sua 205ª reunião ordinária. O encontro aconteceu no auditório da Secretaria da Saúde (Sesa), na Enseada do Suá, em Vitória. Uma das pautas discutidas foi o Projeto Fortalecimento do Controle Social, baseado nos princípios da equidade.

A proposta visa qualificar os tutores (estaduais e regionais) e apoiadores do projeto, bem como conselheiros estaduais de saúde, e facilitadores municipais e locais (educação permanente). Outro objetivo do projeto é realizar um mapeamento dos movimentos sociais. Após deliberada pelo grupo, a proposta foi aprovada.

Publicidade Publicidade

Também foi colocado em pauta o Plano Estadual de Saúde (PES) 2020/2023. Esse documento é o instrumento central de planejamento para a definição e implementação das prioridades no âmbito da saúde de cada esfera da gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) para o período de quatro anos, e reflete as necessidades de saúde da população. Ele também explicita os compromissos do governo para o setor da saúde e configura-se como base para a execução, acompanhamento e avaliação da gestão do sistema de saúde.

No documento consta, por exemplo, a proposta de ampliação e co-financiamento do Samu 192 para os municípios onde ainda não há oferta do serviço. Tal proposta já está sendo discutida na Sesa e deve ser finalizada nos próximos dias.

Além disso, ele também orienta sobre cronogramas dos projetos de construção do Hospital Geral de Cariacica, do novo Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus, e ainda a conclusão do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória.

Após a apresentação do documento e das considerações dos conselheiros, o projeto do PES foi aprovado. Ao final da reunião foi realizada uma análise da prestação de contas da Sesa referente ao 1º quadrimestre deste ano.

Comentários no Facebook