Congresso Internacional de Medicina de Família e Comunidade será realizado pela primeira vez no Estado

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

Em reunião na manhã desta quinta-feira (20), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, recebeu integrantes da Sociedade Brasileira de Medicina de Família em Comunidade (SBMFC) para discutir sobre a realização, pela primeira vez em solo capixaba, do Congresso Ibero-americano de Medicina de Família e Comunidade e Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade, previsto para acontecer em julho de 2021, no Pavilhão de Carapina, na Serra.

O evento reunirá médicos de família e comunidade, além de profissionais da Atenção Primária à Saúde de toda Ibero-américa para discussão sobre o papel do médico de família e comunidade e da Atenção Primária na consolidação dos sistemas de saúde. São esperados quatro mil participantes, presencial e on-line, que vão discutir sobre o tema “Saúde e sustentabilidade: do meio ambiente aos sistemas de saúde”.

Publicidade Publicidade

Segundo o secretário Nésio Fernandes, o evento será um marco para a saúde pública no Brasil e vai ao encontro do contexto que o Espírito Santo se insere, na expansão do acesso e qualidade da Atenção Primária em Saúde (APS).

“Esse congresso vai coroar um reposicionamento da Medicina de Família e Comunidade no Brasil e esperamos que seja um marco na defesa do Sistema Único de Saúde. Ainda mais neste contexto que temos desafiado o Estado e municípios a expandir com qualidade a Atenção Primária, com os médicos de família e comunidade, e com as equipes estratégicas”, afirma Nésio Fernandes.

“Estamos aproveitando essa oportunidade para estreitar o diálogo com a SBMFC para processos futuros de formação na área da APS no Espírito Santo”, informou também o secretário.

Na reunião, a presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Zeliete Linhares Leite Zambon, destacou que o evento será uma oportunidade de compartilhar experiências, entre elas os avanços no fortalecimento da Atenção Primária, experimentados pelo Espírito Santo.

Participaram ainda da reunião a presidente da Associação Capixaba Medicina de Família e Comunidade, Jetele Del Bem Seleme Piana; o diretor de Residência Médica e Pós-graduação Lato Sensu da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, José de Almeida Castro Filho, além de equipe técnica do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi).

Comentários no Facebook