A equipe que integra a Comissão de Acessibilidade e Inclusão do Poder Judiciário do Espírito Santo (PJES) se reuniu na tarde dessa quarta-feira (24), por meio de videoconferência, para dar seguimento às ações de promoção à acessibilidade e à inclusão do órgão.

Participaram da reunião o presidente da Comissão, desembargador Jorge Henrique Valle dos Santos, o juiz Marcelo Loureiro, a subsecretária do TJES, Aline Davel, e as servidoras Renata Souza e Mariana Pereira, que assessorou a reunião.

Publicidade Publicidade

Durante o encontro virtual, foi apresentado o artigo referente à acessibilidade do Provimento nº 88/2020, do Conselho Nacional de Justiça, que trouxe um critério mais qualitativo a ser apresentado para o Prêmio CNJ de Qualidade. O relatório de ações realizadas durante o período de setembro de 2019 a agosto de 2020 será é um dos requisitos para pontuação dos órgãos.

A equipe da Comissão de Acessibilidade também tratou do andamento do projeto de Termo de Cooperação Técnica com a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que tem como objeto o intercâmbio e cooperação mútua de saberes e práticas inclusivas para promoção da acessibilidade e inclusão de pessoas surdas na prestação do serviço jurisdicional no âmbito do Judiciário Capixaba.

No encontro, foram abordadas, ainda, estratégias de atuação da comissão e demais setores para implementar a acessibilidade no PJES, além da atenção às pessoas com  deficiência durante o período de pandemia.

Nesse sentido, uma nova reunião virtual, agora com a participação dos gestores do TJES, acontece no próximo dia 01 de julho, para orientação sobre a continuidade dos trabalhos e definição de prazos para a promoção da acessibilidade no âmbito do Judiciário

Comentários no Facebook