Com a decisão do Comitê de Política Monetária Nacional (Copom), a taxa de juros Selic passa a ser de 5% ao ano a partir desta quinta-feira (31). O novo patamar muda de forma positiva a vida dos empresários capixabas que desejam investir em seus empreendimentos. A redução tem impacto direto nas linhas de crédito do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), que acompanhou a decisão e reduziu as taxas de juros de várias linhas de crédito do banco indexadas à Selic.

A taxa Selic de 5% é o menor desde 1999, quando começou o regime de metas de inflação.

Publicidade Publicidade

Para o gerente de Planejamento e Processos do Bandes, Sávio Caçador, os cortes beneficiam diversos setores da economia capixaba e são mais um estímulo para a retomada dos investimentos por parte dos empresários. “É momento oportuno para os empresários tirarem seus projetos das gavetas e voltarem a investir, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Espírito Santo”, destaca Caçador.

Com a redução da taxa básica de juros, os programas de financiamento do Bandes terão condições mais atrativas para que os empresários possam investir em seus negócios. Com menores taxas de juros o ambiente de negócio torna-se mais propício para investimentos.

Os recursos possibilitam potencializar os setores produtivos da economia capixaba. No Bandes, o empresário encontra soluções financeiras que atendem empresários interessados do comércio, da indústria, serviços, inovação, entre outros.

Os investimentos do Bandes movimentam empreendimentos de todos os portes com o intuito de promover o crescimento da economia do Estado. A queda da Selic estimula a economia porque juros menores barateiam o crédito e incentivam a produção e, consequentemente, o consumo, resultando em mais emprego e recuperação da economia.

De acordo com o Banco Central, a decisão do Copom, anunciada esta semana, foi baseada em no controle da inflação nos últimos meses e aprovação de reformas estruturantes da economia brasileira.

Comentários no Facebook