Cervejarias capixabas reconhecidas nacional e internacionalmente contaram com apoio do Bandes

0
Foto: Divulgação
O mercado de cervejas artesanais do Espírito Santo tem apoio do banco para seu fortalecimento.

As cervejas artesanais provenientes de microcervejarias capixabas têm ganhado cada vez mais espaço nas prateleiras de supermercados e no gosto dos consumidores. Dados de 2019 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), apontam um crescimento 37,7% de novos empreendimentos no setor em relação a 2016.

No Espírito Santo, já são 27 cervejarias em funcionamento segundo a Associação dos Cervejeiros Artesanais do Espírito Santo (ACervA-ES). Destas, cinco microcervejarias contaram com aportes do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) para implantação, modernização e ampliação de seus empreendimentos.

Publicidade Publicidade

Com o Bandes, as opções de financiamento para cervejarias são amplas, atendendo todas as etapas da produção. Para se estruturarem e conquistar o mercado, os empreendimentos podem obter recursos para investir tanto na abertura do espaço quanto na aquisição dos equipamentos de produção.

Cervejarias já atuantes no mercado podem ampliar o negócio com o Bandes: os recursos podem ser investidos em obras de adequação e ampliação do espaço, como também em reformas. Além disso, o empreendedor que deseja investir na atualização do maquinário de produção das cervejas e chopes também pode procurar os recursos do Bandes para agilizar processos e atender mais demandas de vendas.

O gerente de Negócios do Bandes, Ricardo Teixeira Mendes, destaca que o banco tem o papel e o histórico de incentivar modelos de negócios que fogem dos tradicionais. Por isso, o pioneirismo em diversas áreas econômicas no Estado.

“O Bandes esteve desde o início do processo de expansão e consolidação do setor cervejeiro no Espírito Santo com iniciativas que foram além do financiamento a alguns empreendimentos. Também participamos no apoio a alguns eventos que ajudaram a divulgar para todo o público interessado o conhecimento sobre o mundo das cervejas artesanais. Hoje vemos o sucesso desses empreendimentos, que além de mostrar o potencial e a qualidade das cervejas artesanais produzidas no Espírito Santo, também contribuem para o turismo de muitos municípios”, reforça Mendes.

Cervejarias que investiram com o Bandes Cervejaria Trarko
No centro de Domingos Martins está localizada a Cervejaria Trarko, idealizada pelo empreendedor Michel Frederich Koehler Trarbach. Desde criança, ele frequentava a choperia e restaurante de sua família, o Fritz Frida, primeira choperia da cidade. E foi desta relação e do potencial inovador de Trarbach que a cervejaria surgiu.

“Meus pais começaram a comercializar algumas cervejas especiais no Fritz Frida e isso fez sucesso entre clientes. Neste momento, percebi que seria interessante ampliar a oferta. Ao fazer uma viagem, conheci cervejas de outros países e tive a ideia de comercializá-las. Foi quando trouxe mais de dois mil rótulos de cervejas importadas para o restaurante”, conta o empresário sobre o processo que levou à criação da Trarko.

Além de comercializar os novos rótulos, a família estudava o país de origem das cervejas, bem como suas composições e histórias e oferecia uma experiência única aos clientes ao expor essas informações. Em 2014, Trarbach sentiu a necessidade de criar sua própria história. “Começamos a fabricar o próprio chope da Casa, no início produzíamos 30 litros por mês e foi aumentando até chegar a 2 mil litros de forma artesanal”, detalha.

Para o desenvolvimento do negócio, o empreendedor contou com recursos das linhas de crédito do Bandes. Atualmente, a cervejaria comercializa 13 estilos de chope e tem mais de 100 receitas do produto produzindo cerca de 12 mil litros de chope por mês. Além disso, tem sua própria marca de roupas, vende souvenires e realiza eventos.

O empresário destaca a importância da parceria com o Bandes para o sucesso do negócio. “O Bandes nos ajudou muito nesse momento de expansão. O banco foi responsável por viabilizar 25% do capital investido na Trarko. Com os recursos, realizamos a compra de maquinário para aumentar a produção das cervejas e obra civil para adequar o espaço a este aumento”, explica.

Cervejaria Barba Ruiva
Em Domingos Martins também está localizada a famosa Cervejaria Barba Ruiva. O empreendimento é o primeiro brewpub (bares que produzem e vendem sua própria cerveja) do Espírito Santo. A idealização do negócio começou em 2013, quando o empresário, Daniel Buaiz, começou a produzir cervejas artesanais para vender em um restaurante que comandava.

A procura pelo produto superou as expectativas e em 2015, Daniel sentiu a necessidade de abrir sua própria cervejaria. Hoje, com seu estilo underground, a Cervejaria Barba Ruiva é uma das mais reconhecidas opções de entretenimento noturno em Domingos Martins e, além da comercialização local, conta com a revenda dos produtos em pubs localizados em outros municípios.

No momento de estruturação, em meio a um período de retração econômica e por seguir um modelo de negócio não tradicional, Daniel conta que encontrou dificuldades para conseguir financiamentos. Hoje, após conquistar o prêmio de melhor cerveja do mundo no World Beer Awards 2019, em Londres, um dos concursos cervejeiros mais importantes do mundo, Daniel relembra a importância do apoio do Bandes. “Em 2015, em meios às obras, nenhum banco acreditou no nosso projeto, não estávamos conseguindo crédito nos bancos tradicionais. Graças ao Bandes pudemos colocar a cervejaria de pé e realizar esse sonho”, pontua Buaiz.

Texto de Beatriz Moreira

Informações sobre linhas de financiamento:
Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória
App disponível para Android e iOSv www.facebook.com/bandesonline
www.bandes.com.br

Comentários no Facebook