Centro Cirúrgico do Hospital Dr. Jayme ganha nova área de acolhimento

0

Já está em funcionamento a nova área de acolhimento para os acompanhantes que aguardam por pacientes em procedimento no Centro Cirúrgico no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra.

Segundo a gerente do Centro Cirúrgico, Cynthia Milanez, além dos acompanhantes, os pacientes que vêm de casa e aguardam por cirurgia, também podem usufruir do local. “Entendemos que a espera do procedimento também é um momento importante e muitas vezes de ansiedade para o paciente. Por este motivo, ele precisa estar tranquilo”, disse a gerente.

Publicidade Publicidade

É nesta área que também acontece o diálogo entre médico e acompanhante. “Quando o procedimento é finalizado, o cirurgião responsável se dirige até a sala onde pode conversar melhor com a família e informar o estado de saúde do paciente. O familiar se sente mais confiante podendo falar diretamente com o médico”, explica Cynthia Milanez.

Ainda de acordo com a gerente, a humanização do atendimento é fundamental. “Vimos aqui uma ótima oportunidade para melhor acolher os familiares e transmitir tranquilidade para eles quanto ao procedimento que está sendo realizado”, comentou.

Grupo Técnico de Humanização (GTH)

No último dia 26 de setembro, o Grupo Técnico de Humanização (GTH) do Hospital Dr. Jayme promoveu reunião interna para apresentar as ações que estão sendo desenvolvidas para que o atendimento se torne cada vez mais humanizado e estratégias para colocá-las em prática dentro da instituição.

A humanização da sala de acolhimento do CTI, a abordagem e acolhimento na recepção e oficinas de humanização voltadas aos gestores e demais funcionários, foram algumas das ações citadas no encontro.

Durante a reunião, que ocorre toda última quinta-feira do mês, a responsável pelo GTH, Marta Almeida, destacou sobre importância das reuniões. “É necessário que toda nossa equipe esteja devidamente preparada para atender paciente e acompanhante da forma mais humana possível. O mais importante é eles se sentirem acolhidos na unidade”, disse Marta.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.