O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (07), o 54º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência desta segunda-feira (10) até o próximo domingo (16).

Castelo e outras 41 cidades do Espírito Santo permanecerão no risco moderado para Covid-19 a partir de hoje de acordo com o 54º Mapa de Risco anunciado pelo Governo do Estado na última sexta-feira (07).

Publicidade Publicidade

Por pouco mais de dois meses, desde o 47º Mapa de Risco, o Estado não registrava mais a classificação baixa, na cor verde, para nenhum dos municípios capixabas. Agora, com a divulgação do novo Mapa de Risco, dos 78 municípios, apenas 24 estão classificados em Risco Alto e 42 em Risco Moderado.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Águia Branca, Baixo Guandu, Governador Lindenberg, Ibatiba, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Muqui, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Ibiraçu, Ibitirama, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Piúma, Ponto Belo, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante.

RISCO ALTO: Alegre, Anchieta, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição do Castelo, Ecoporanga, Guaçuí, Guarapari, Irupi, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Muniz Freire, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Bananal, São José do Calçado, Serra, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

54° Mapa de Risco divulgado na última sexta-feira (07)

Volta às aulas nos municípios com Risco baixo ou moderado

A partir desta segunda-feira (10) passam a valer as novas mudanças nas medidas qualificadas de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Nos municípios com Risco Alto para Covid-19 está permitido o retorno das aulas para alunos do Ensino Infantil e Fundamental I, seguindo as mesmas regras do Risco Baixo e Moderado – definidas pelas Portarias SESA/SEDU nº 01-R e 02-R. Fica mantido somente o atendimento individual nas cidades em Risco Alto para alunos do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio.

A retomada das aulas deverá ser feita com apenas 50% da capacidade de alunos nas salas de aula, como já é feito nas cidades classificadas em risco baixo e moderado.

“Essa faixa etária para crianças até nove, 10 anos, equivale a 1,32% dos casos”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande.

Para as unidades de ensino da Rede Estadual, a Secretaria da Educação deverá anunciar como essas regras serão aplicadas esta semana.

Suspensão das aulas

As aulas presenciais em todo o estado foram suspensas oficialmente dia 22 de março devido a quarentena implementada pelo Governo do Estado para combater os avanços do novo coronavírus.

As medidas estavam previstas para serem aplicadas até o dia 04 de abril, quando então o Governo do Estado restabeleceu o mapa de risco e somente escolas dos municípios no risco baixo e moderado puderam abrir para alunos com atividades presenciais.

Com o anúncio do 54º mapa de risco unidades de educação infantil e fundamental I poderão retomar as aulas presenciais.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPastor da Igreja Batista de Castelo lança seu primeiro livro: profeta em fuga
Próximo artigoVÍDEO: Caminhão tanque provoca explosão após tombar na pista em Afonso Cláudio
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro político e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook