Jogador de basquete e tênis em cadeira de rodas, Adalberto Rodrigues é o terceiro esportista contemplado pelo programa Bolsa Atleta a participar da série de bate-papo realizada pela Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport). A live acontece nesta segunda-feira (22), às 14 horas, com transmissão pelo perfil do Instagram da Secretaria (@sesportesoficial).

Campeão brasileiro de tênis em cadeira de rodas, em 2016, nas categorias individual e duplas, Rodrigues é um dos atletas paralímpicos capixabas mais vitoriosos, com títulos sul-americano e mundial conquistados no ano de 2006 em: Buenos Aires, na Argentina, e Brasília (DF), respectivamente.

Publicidade Publicidade

A conversa vai ser comandada pela gerente de Formação de Alto Rendimento, Maylla Venturin. O objetivo da live é aproximar os atletas do público, além de entender um pouco mais da rotina dos esportistas durante esse período de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Conheça Adalberto Rodrigues

Adalberto Rodrigues nasceu em Vitória, no dia 27/04/1966. Desde criança sempre gostou de praticar esportes nas ruas de Goiabeiras, bairro da capital capixaba onde sempre residiu. Após completar 18 anos, foi servir ao Exército, onde praticava atletismo e futebol. No entanto, no ano de 1985, durante uma atividade, caiu de uma escada de oito metros e, por conta de uma lesão medular, ficou paraplégico.

Em 1987, retomou a rotina esportiva ao começar a praticar lançamentos de dardo e disco no Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (Crefes), onde fazia fisioterapia. No ano seguinte, através do professor Martoni Sampaio, conheceu o basquete em cadeira de rodas, modalidade que, a partir de então, nunca mais abandonou.

Mas foi em 1992 que Adalberto teve contato com o esporte que o levaria ao auge da carreira paralímpica. Na ocasião, ele aceitou um convite da Associação Niteoriense dos Deficientes Físicos (Andef), em Niterói, Rio de Janeiro, para ajudar a difundir na instituição o tênis em cadeira de rodas. Após dois anos, ele retornou para o Espírito Santo, onde iniciou a prática da modalidade. No início, treinava sozinho, com um sobrinho jogando-lhe as bolas a serem rebatidas. Porém, aos poucos, novos adeptos foram surgindo.

Em 1997, veio a primeira convocação de Adalberto para a seleção brasileira de tênis em cadeira de rodas, na disputa do mundial de Notthingham, na Inglaterra. A partir daí, várias outras convocações vieram. Em 2006, o atleta capixaba conquistou seus maiores títulos: campeão do mundo em Brasília, no primeiro campeonato mundial da modalidade realizado na América Latina, e sul-americano em Buenos Aires, na Argentina.

Além de participar como jogador, Adalberto também organizou torneios de tênis em cadeira de rodas por 16 anos aqui no Estado.

 

Informação à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesport

Denys Lobo / Rodolfo Mageste

(27) 3636-7027 / (27) 99802-3645 / (27) 3636-7027 / (27) 99309-9053

Comentários no Facebook