A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) abrirá, nesta sexta-feira (10), agendamento on-line de dose de reforço para quem tomou a vacina contra a Covid-19 da Janssen, de dose única. A marcação deverá ser feita a partir das 8h, no site agendamentosaude.cachoeiro.es.gov.br.

No total, haverá 900 vagas para se vacinar de terça-feira (14) a sexta-feira (17) da semana que vem, na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro Municipal de Saúde).

Publicidade Publicidade

Para tomar a dose de reforço da Janssen, é preciso ter recebido a primeira aplicação há, no mínimo, cinco meses, se forem adultos de 18 a 59 anos, e três meses, no caso de idosos a partir de 60 anos.

Gestantes e puérperas que tenham tomado a dose única da Janssen precisam tomar o reforço com a vacina da Pfizer, conforme resolução nº 264/2021 da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/SUS-ES).

No dia da vacinação, será necessário apresentar o comprovante do agendamento, cartão de vacina, documento de identificação com foto e cartão do SUS ou o CPF.

Reforço também pode ser feito com vacina da Pfizer

A resolução nº 264/2021 da CIB/SUS-ES estabelece, ainda, que a dose de reforço para quem tomou a dose única da Janssen também pode ser feita com o imunizante da Pfizer ou AstraZeneca. Atualmente, em Cachoeiro, o reforço com dose da Pfizer é feito sem necessidade de agendamento para pessoas a partir de 18 anos.

“Por conta do número escasso de doses da Janssen, houve essa liberação da CIB/SUS-ES. O reforço com um imunizante diferente também tem eficácia comprovada, e nós incentivamos os cachoeirenses a tomarem todas as doses assim que for possível”, comenta o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

Vai vacinar? Doe alimentos e itens de higiene

As pessoas que se vacinam contra a Covid-19, em Cachoeiro, podem colaborar com a campanha “Compartilhe Amor”, doando, no momento da vacinação na unidade de saúde, alimentos não perecíveis e itens de higiene (álcool em gel e sabão), na quantidade que quiserem. A Prefeitura destina todos os produtos arrecadados a famílias em situação de vulnerabilidade social, para reforçar as ações de combate à insegurança alimentar no município durante a pandemia.

Comentários no Facebook