BRK Ambiental investe na ampliação e melhorias dos serviços de água e esgoto para beneficiar mais 11 localidades de Cachoeiro

Adotando todas as medidas de segurança em função da pandemia, BRK Ambiental prosseguiu com o cronograma de obras, assegurando o atendimento ao plano de expansão e melhorias nos serviços

0
Foto: Divulgação
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

Essenciais para a saúde e a qualidade de vida, e ainda mais com a pandemia do novo coronavírus, as ampliações e melhorias nos serviços de água e esgoto não podem parar. No primeiro semestre deste ano, a BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim, atendendo a todos os protocolos de segurança das autoridades, deu continuidade ao seu plano de investimentos e beneficiou, com ampliações e melhorias nas redes de água e esgoto, 11 localidades e bairros do município.

O engenheiro da BRK Ambiental responsável pelas obras, Gabriel Zigoni, ressalta que, no período, foram entregues obras em cinco bairros e iniciadas intervenções em outras seis localidades, compreendendo obras de ampliação e melhorias do sistema de esgotamento sanitário e abastecimento de água. As intervenções são viabilizadas pelo 11º aditivo firmado com a Prefeitura Municipal de Cachoeiro, com o objetivo de ampliar o atendimento a mais localidades distantes da sede do município, e por recursos do ciclo de investimentos da BRK Ambiental, que totaliza R$ 30 milhões para o período de 2018 a 2022.

Publicidade Publicidade

Dentre as localidades contempladas pelo 11º aditivo está Retiro, distante aproximadamente oito quilômetros da sede de Cachoeiro de Itapemirim. Até a entrega da rede de água em maio deste ano, que somou a implantação de 7.067 metros de rede de água, moradores da comunidade dependiam de poços artesianos ou de abastecimento por carro-pipa, tendo que utilizar o produto de modo racionalizado nas suas atividades diárias. Hoje, é possível receber água limpa e tratada direto da torneira, com ganhos como a melhoria da qualidade de vida e a valorização imobiliária da região.

Além de Retiro, as ampliações do aditivo contemplaram, no primeiro semestre, a construção, em andamento, de 8.839 metros de rede em Timbó, 5.152 metros em Conduru (KM 09) e 2.167 metros em Monte Líbano (Morro Grande). “Durante a execução dos serviços em Timbó encontramos uma extensão de cerca de 700 metros de rocha. Neste momento, trabalhamos em parceria com o Município para viabilizar o desmonte dessa rocha e avançarmos na continuidade à implantação das redes”, ressalta

Pelo ciclo de investimentos de R$ 30 milhões, foram concluídas e entregues no primeiro semestre, as seguintes melhorias de redes de esgoto: 307 metros no bairro Aeroporto; 230 metros no Centro; 250 metros no bairro Rubem Braga e 78 metros em Álvaro Tavares. Já as obras de rede de esgoto foram iniciadas nos bairros Rui Pinto (1.535 metros de rede), Soturno (1.488 metros de rede) e Corarama, que possibilitará a coleta de lançamento irregular de um trecho no Córrego Corarama. Para o segundo semestre, a expectativa é dar continuidade a essas obras e começar outras intervenções em Alto Gironda e Aeroporto.

De acordo com o diretor da BRK Ambiental, Bruno Ravaglia, este é um ano bastante desafiador para a concessionária. É que, além do arrojado plano de investimentos que já estava programado, a enchente com as fortes chuvas, em janeiro, e a pandemia do novo coronavírus, a partir de março, exigiram muitas mudanças e providências para garantir a continuidade da prestações dos serviços, que são essenciais, com qualidade, e cuidando da segurança e da saúde de todos.

“Temos o compromisso de continuar transformando vidas, promovendo o acesso da população aos serviços de água e esgoto. A falta desses serviços afeta diretamente a vida das pessoas. Por todo esse compromisso, a concessionária manteve o seu cronograma de investimentos durante a pandemia, tomando todas as medidas adequadas, como a disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e itens de higiene pessoal, além da reformulação da logística para a realização dos serviços, de modo a não gerar aglomerações”, explica o diretor.

Somente no primeiro semestre, os investimentos, somando as obras do 11º aditivo com as do ciclo atual da concessionária, chegaram a R$ 3.032.874,75. Ainda estão previstos R$ 2.767.024,29, que serão empregados em obras de ampliação e melhorias no segundo semestre.

Comentários no Facebook