Mesmo com a crise sanitária instaurada em todo o mundo causando perdas financeiras à diversas famílias brasileiras a base aliada do prefeito de Castelo na Câmara Municipal, João Paulo Nali (PTB), “travou” o projeto de lei de autoria da vereadora Lúcia Ventorim (DEM) que autorizava o chefe do executivo a realizar modificações na LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias – a fim de conceder o desconto na taxa do IPTU que vem sendo praticado desde 2017.

>> DESCONTO NO IPTU: Zoim tenta provar inconstitucionalidade do projeto e Lúcia Ventorim ‘encurrala’ procurador da Câmara

Publicidade Publicidade

Votaram a favor do projeto o tucano Marco Zoim, os republicanos Vermelho e Du do Salão, além da democrata Lúcia Ventorim. Os demais vereadores se absteram da votação, que é quando o parlamentar tem a opção de não votar contra e nem a favor do projeto.

>> Vereador de Castelo diz que não foi eleito para fazer média com a população e trava mais uma vez projeto de desconto do IPTU

A proponente do PL frisou que a intenção do projeto, julgado pelo prefeito e sua base aliada como projeto autorizativo, foi de pressionar o Poder Executivo para que o direito da população fosse garantido.

Lúcia frisou ainda que “esse jogo político [referindo aos acordos realizados nos bastidores para não deixar passar o PL] que não ajuda a população absolutamente em nada”. A vereadora ressaltou ainda que na sessão anterior o prefeito poderia ter realizado o reajuste no prazo de pagamento do imposto, disse ainda que além do IPTU não ter tido desconto teve aumento.

Confira:

Em sua fala o ex-presidente do Legislativo Municipal, o vereador Vermelho, como é popularmente conhecido, disse que é a favor do projeto tendo em vista que desde que era presidente da Casa de Leis tanto suas contas como as contas dos chefes do executivo dos anos de 2017, 2018 e 2019 foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, órgão regulamentador.

Confira o pronunciamento do parlamentar:

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorApresentação do Relatório de Controle Ambiental dos pontos de embarque do Aquaviário registra 60 participações
Próximo artigoFrente Brasil-ES-China realiza encontro na sexta
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook