Para atrair investidores que estejam dispostos a assumir negociações com o devedor e ficar com a garantia do financiamento executado, geralmente um imóvel, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) disponibiliza, em seu site, a cessão dos créditos.

Trata-se de processos de financiamentos em atraso que têm como garantia uma propriedade rural, imóveis urbanos e mesmo de uso industrial. Com a cessão, o cessionário passa a ter legalmente o direito de efetuar a cobrança, podendo realizar ações extrajudiciais e judiciais.

Publicidade Publicidade

Entenda como funciona
O devedor inadimplente tem a cobrança em andamento, porém as garantias ainda não foram incorporadas ao patrimônio do Bandes.

A cessão de crédito é o negócio pelo qual o credor de uma obrigação transfere sua posição ativa a um terceiro. Possibilita que o cessionário passe a ter legalmente o direito de efetuar a cobrança, por meio da qual é possível obter retornos financeiros relevantes em relação ao valor da aquisição do crédito e do mercado financeiro.

Como participar
No site do Bandes há uma lista em que são disponibilizados os números dos processos e os respectivos imóveis dados em garantia, com a matrícula e a classificação como urbano, industrial ou rural. Todas as informações são públicas. Ao conhecer a lista, o investidor pode estudar cada caso e, então, basta procurar o Bandes para realizar uma oferta pelos créditos pretendidos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorContratos do Banestes terão vencimentos prorrogados devido a pandemia de coronavírus
Próximo artigoGoverno recomenda que pessoas com viroses gripais devem se afastar do trabalho
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook