Arquivo Público recebe colóquio sobre acervo fotográfico do ex-governador Francisco Lacerda de Aguiar

0
Guaçuí, 1953. Governador Jones, deputado Dr.Chiquinho, Leoncio Vieira de Rezende, Bento Gomes de Aguiar, Padre Acácio Valentim.
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

A importância do acervo fotográfico como documento histórico será o tema do colóquio “Quando fala a imagem”, que o Arquivo Público do Estado do Espírito Santo (APEES) recebe nesta quinta-feira (23), às 16h. A palestra será ministrada pela pesquisadora em fotografia, memória e história oral, Bruna Wandekoken, que abordará os processos e os resultados do seu trabalho junto ao acervo documental do ex-governador do Estado, Francisco Lacerda de Aguiar.

Bruna Wandekoken explica que a atividade, contemplada pelo Edital nº014/2018, da Secretaria da Cultura (Secult), consiste no acondicionamento, higienização e catalogação de, aproximadamente, 600 fotografias cedidas pela família do Dr. Chiquinho, como o ex-governador era comumente conhecido. Após essas ações, que estão em andamento, cópias digitalizadas das imagens serão entregues ao APEES e à Secult e irão compor o acervo das instituições. Elas também serão disponibilizadas online.

Publicidade Publicidade

De acordo com a pesquisadora, as memórias do ex-governador permitem conhecer um pouco mais sobre o cenário político da época, as décadas de 1950 e 1960, principalmente no que se refere ao período da ditadura civil-militar (1964-1985).

Francisco Lacerda de Aguiar

Francisco Lacerda de Aguiar nasceu na Fazenda do Castelo, em São José do Calçado, em 3 de outubro de 1903. De 1917 a 1920, cursou o Colégio Militar de Barbacena, em Minas Gerais. Em 1926, foi professor de matemática em Guaçuí, cidade onde iniciou sua carreira política. Elegeu-se vereador em 1936 e prefeito em 1944. Em 1950, exerceu o cargo de deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD). No pleito de 1954 se tornou governador do Espírito Santo. No ano de 1962, elegeu-se governador novamente, cargo ao qual renunciou em 1966. Faleceu no Rio de Janeiro no dia 27 de abril de 1983.

Comentários no Facebook