source

Olhar Digital

criança celular arrow-options
Reprodução/ Shutterstock

Inteligência artificial visa impedir que crianças esbarrem em conteúdos de pornografia


Publicidade Publicidade

Aplicativos de origem cristã, como o Covenant Eyes, estão utilizando inteligência artificial para combater a pornografia. Esses programas agem como um filtro, que não apenas impede que as pessoas entrem em sites pornográficos, como mandam uma mensagem para a família ou amigos, segundo CQ Roll Call.

Leia também: Papa Francisco dá alerta a empresas de tecnologia sobre proteção de crianças

O aplicativo foi construído para aumentar a moral evangélica e, embora seja uma ferramenta útil para os seguidores da religião ou para quem tenta abandonar um hábito, é um pouco estranho pensar que os pais receberão uma notificação e uma captura de tela toda vez que seus filhos tentarem entrar em sites de conteúdo adulto.

Grande parte dos clientes que pagam pelo Covenant Eyes são homens casados. Porém, um porta-voz da empresa, Dan Armstrong, disse ao CQ Roll Call que o mesmo sistema pode ser usado para proteger crianças de conteúdos explícitos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCASTELO É DESTAQUE NA RURALTUR 2019
Próximo artigoGovernadores do Espírito Santo e Minas Gerais se reúnem e cobram melhorias na BR-262
Elan Costa
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro político e estudante de direito. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook