Visando conscientizar a população de Apiacá para a importância das medidas de prevenção à Covid-19, a Promotoria de Justiça de Apiacá, em parceria com a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária, realizou na quinta-feira (18/06) uma inspeção alertando para o uso obrigatório de máscaras em vias públicas. A inspeção parou carros, motos, caminhões e pedestres para orientar. As pessoas que estavam sem máscaras ganharam o equipamento, além de álcool em gel.

“Nosso trabalho é de conscientização. Toda a sociedade tem que se envolver e fazer a sua parte para conter o avanço da Covid-19. A Promotoria de Justiça de Apiacá já realizou reuniões com lideranças políticas e religiosas para tratar do Pacto Pela Vida, mediado pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), e que prevê o cumprimento integral dos decretos estaduais, das portarias da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) e as atualizações publicadas no sentido de combater e minimizar os impactos da Covid-19. Agora, estamos neste trabalho de fiscalização nas ruas”, ressaltou o promotor de Justiça de Apiacá Veraldo Macedo Miranda.

Publicidade Publicidade

Pacto Pela Vida

Os promotores de Justiça de todo o Estado estão tomando todas as medidas necessárias, oficiando chefes do Executivo e do Legislativo municipais, para que fiscalizem o cumprimento das medidas de distanciamento e isolamento social e reforcem as ações de combate ao novo coronavírus, como a adoção de providências para dar conhecimento do uso obrigatório de máscaras fora do ambiente residencial, bem como do correto manuseio e descarte, além da necessidade de o grupo de risco permanecer em casa.

Em comunicados aos diferentes seguimentos da sociedade, os promotores de Justiça também alertam para os cuidados no enfrentamento da pandemia. Destacam a importância do cumprimento das diretrizes estabelecidas nas normas sanitárias estaduais. A proposta do Ministério Público é a adoção de um “Pacto Social” no Estado, mediado pela instituição, com a promoção de um esforço de toda a sociedade capixaba em favor da vida.

A medida segue orientações do Gabinete de Acompanhamento da Pandemia do Novo Coronavírus (GAP-Covid-19) do MPES e da procuradora-geral de Justiça, Luciana Andrade.

Veja as fotos da inspeção

Comentários no Facebook