A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (19) a entrada em operação comercial da 18ª turbina da usina hidrelétrica de Belo Monte. Com o funcionamento da turbina, a usina, localizada no Rio Xingu (PA), passa a ter capacidade instalada de 11.233,1 MW e quantidade média de geração de energia de 4.571 MW.

Belo Monte é a maior usina hidrelétrica 100% brasileira. O contrato de Belo Monte, arrematada em leilão pelo consórcio Norte Energia em 2010, é de 35 anos, com data inicial de agosto de 2010.

Publicidade Publicidade

Durante a cerimônia, o diretor presidente da Aneel, André Pepitone, destacou que a energia gerada pela usina, vai atender cerca de 60 milhões de pessoas em todos os estados dos país.

“Belo Monte vai gerar energia para atender 18 milhões de residências ou 60 milhões de brasileiros, o que equivale à população da Itália. Belo Monte sozinha atende à Itália”, disse.

Os estudos de viabilidade para a implantação da usina começaram em 1975. A área alagada do empreendimento é de 478 km² e o vertedouro tem capacidade de 62 milhões de m³/s. Os reservatórios da usina estão situados entre os municípios de Altamira, Brasil Novo e Vitória do Xingu. Já a área de abrangência da usina ainda contempla outros dois municípios: Anapu e Senador José Porfírio.

Edição: Bruna Saniele
COMPARTILHAR
Artigo anteriorBlack Friday dos usados: veja os eletrônicos mais buscados antes da data
Próximo artigoPetrobras assina contrato de venda da Liquigás por R$ 3,7 bi
Elan Costa é jornalista sob o registro MTE 3512/ES, articulista, marqueteiro e consultor político, estudante de direito e vice-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais do Interior do Espírito Santo - eleito para o biênio 2021-2023. Atuou na Gerência de Jornalismo e Relações Públicas da Prefeitura de Guarapari, trabalhou como Jornalista Correspondente do Jornal A Tribuna, no Noroeste do ES, foi coordenador de comunicação na Câmara Municipal de Santa Teresa, assessor de comunicação na Amunes - Associação dos Municípios do ES -, e assessor político em diversos órgãos. É marqueteiro político, tendo atuado na campanha eleitoral para prefeito, em 2016, para deputado estadual em 2018, e novamente para prefeito e vereadores, em 2020. É fundador e proprietário do Jornal Regionalidades.

Comentários no Facebook