Alunos do curso de formação musical da Fames vão estudar no ambiente virtual de aprendizagem

0
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade

Os alunos do Curso de Formação Musical (CFM) da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) serão cadastrados no Sistema de Gestão Acadêmica Digital, que está sendo desenvolvido para atender aos estudantes da instituição com atividades não presenciais. Inicialmente, o sistema teve a adesão dos cursos de graduação, enquanto a versão beta do sistema foi criada, para testes e aperfeiçoamentos.

“No primeiro momento, contamos com a colaboração de alunos e professores da graduação, que utilizaram a plataforma e nos trouxeram diversas sugestões de melhorias no sistema, o que nos ajudou a chegar numa proposta ideal de estudo à distância. Atualmente, estamos em fase de criação dos módulos de conteúdos para dar continuidade aos cursos de graduação. Com isso, em breve estaremos prontos para estender esse benefício a outras áreas da Fames”, explica o diretor da Fames, Fabiano Araújo Costa.

Publicidade Publicidade

Os procedimentos de atualização tecnológica da Fames tiveram início em 2019, com o processo de aquisição do sistema acadêmico, cuja implantação estava prevista para o segundo semestre de 2020. Porém, com a chegada da pandemia do Covid-19, a implantação foi realizada em caráter emergencial e concluída, para testes, em tempo recorde.

A data prevista para o início do cadastro dos alunos do CFM será definida em breve. Enquanto isso, eles contam com apoio pedagógico dos professores, por meio do envio de propostas de atividades.

O CFM, que tem duração de quatro anos, e atualmente atende cerca de 340 alunos. As coordenações de núcleo do curso são compostas pelas áreas de teclas, cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros e percussão, matérias teóricas e canto.

Comentários no Facebook