Uma operação conjunta, realizada nessa quinta-feira (07), em Jaguaré, resultou na prisão de dois homens e na recuperação da carga de café e pimenta roubada na última segunda-feira (04), em uma propriedade rural em Vila Valério. A ação foi deflagrada pela Delegacia de Polícia de Jaguaré e teve apoio de policiais civis da 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, além de policiais militares do 2º Batalhão da Polícia Militar, de São Gabriel da Palha.  Ao todo, foram recuperadas 42 sacas de café e 81 sacas de pimenta-do-reino. O valor de mercado é de, aproximadamente, R$ 103 mil.

“Nossa delegacia tomou conhecimento de que os produtos roubados em Vila Valério poderiam estar sendo comercializados em Jaguaré. Iniciamos diligências e constatamos uma transação suspeita em nosso município, em que um homem, que não é produtor de café e pimenta, tentou vender esses itens para um comerciante da região. Além disso, a nota fiscal apresentada pelo vendedor levantou suspeitas, pois nela constava menos sacas de pimenta do que o efetivamente negociado”, relatou a titular da DP de Jaguaré, delegada Gabriela Zaché.

Publicidade Publicidade

A carga, que já tinha sido entregue a este comerciante, foi apreendida, e outras buscas foram realizadas em uma residência localizada em Aricanga, na localidade de Água Limpa, onde, segundo os levantamentos, moravam o homem que ofereceu as sacas e o pai dele, de 36 e 56 anos, respectivamente. No local, ninguém foi encontrado, mas os policiais localizaram o restante da carga subtraída em Vila Valério. Ainda nessas diligências, um produtor rural de 52 anos foi localizado e confessou que forneceu a nota fiscal preenchida com dados falsos para que o homem de 36 anos realizasse a venda de forma fraudulenta.

“Sem saber que todo o material estava apreendido, o suspeito de 56 anos fez contato com o mesmo comerciante oferecendo o restante do produto roubado. Conseguimos localizar seu paradeiro e ele foi preso em flagrante, autuado pelo crime de receptação qualificada. O produtor rural de 52 anos foi autuado por falsidade ideológica, por ter falsificado a nota fiscal, e também por receptação qualificada, por saber que sua nota seria usada para a venda de produto roubado. O suspeito de 36 anos não foi localizado”, informou a delegada.


Investigação em conjunto

A investigação da DP de Jaguaré segue em andamento, com o objetivo de localizar o homem que não foi localizado. As informações desta investigação serão compartilhadas com a Delegacia de Polícia (DP) de São Gabriel da Palha, responsável pela investigação do roubo em Vila Valério.

A investigação na DP de São Gabriel da Palha indica que, pelo menos, sete pessoas estão envolvidas no roubo, no entanto, ainda não é possível afirmar se os detidos em Jaguaré estão diretamente ligados. Um dos caminhões subtraídos no dia do crime foi abandonado no caminho e recuperado posteriormente, assim como um veículo de passeio que também pertence às vítimas.

A Polícia Civil continua em diligências, com o objetivo de identificar e localizar todos os envolvidos no crime. A população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima por meio do Disque-Denúncia 181, que também tem um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Comentários no Facebook