Abio destaca importância dos Diários Oficiais para legitimidade das informações

0
Foto: Leandro Braga
EMPÓRIO MARCENARIA
J. Regionalidades vc por dentro de tudo Publicidade Detran carnaval Publicidade Agência Solução
SESA Aedes Aegipty Publicidade CORONAVÍRUS - SESA Publicidade CAMPANHA VACINAÇÃO GRIPE Publicidade Publicidade Publicidade MAIO AMARELO 2020 Publicidade EMPATIA NO TRÂNSITO Publicidade

A 67ª reunião da Associação Brasileira das Imprensas Oficiais (Abio), que acontece até este sábado (14) em Vitória, começou com o destaque da importância dos diários oficiais para a garantia da legitimidade das informações. Ao abrir o encontro, o presidente da Abio, Nourival Pântano Júnior, desejou a todos que “os trabalhos sejam profícuos e que as imprensas aproveitem o momento para superar os desafios”.

Madalena Santana, diretora-presidente do Departamento de Imprensa Oficial do Espírito Santo (DIO/ES), autarquia responsável pela publicação do Diário Oficial do Estado e anfitriã do evento, ressaltou a importância do encontro. “É um orgulho para o Espírito Santo receber o encontro nacional das imprensas oficiais. É um momento muito importante, já que estamos vivenciando transformações em todos os segmentos nas novas tecnologias e legislações. A finalidade deste momento é discutir, trocar experiências e planejar melhor a nossa atuação”, disse.

Publicidade Publicidade

Em sua fala, a vice-governadora Jaqueline Moraes, parabenizou a diretoria do DIO/ES. “Quero parabenizar a diretora-presidente do DIO, Madalena Santana. Fico feliz e orgulhosa porque é uma mulher que está neste cargo. E com imensa responsabilidade de publicar os assuntos referentes ao governo”, destacou.

Jaqueline Moraes também ressaltou o trabalho do governo do Estado em prol da transparência. “O governador Renato Casagrande tem como uma das metas do nosso governo levar o estado do Espírito Santo a ocupar os primeiros lugares do ranking de estados com maior transparência do Brasil. E, sem a imprensa oficial, jamais conseguiremos fazer isso, pois ela é o antídoto para a má gestão e a corrupção, pois permite à sociedade fiscalizar”

Uma nova imprensa

Doutor em Ciências da Comunicação e Estudos da Mídia, o jornalista Sérgio Denicoli abordou o tema “Dados e conversações nas redes: novos valores-notícia para uma nova imprensa”. “Em tempos de fake news [notícias falsas] as atenções podem se voltar para os diários oficiais, que possuem informações reais. Os diários são pilares da democracia. Se antes eram vistos apenas como instrumento de publicações, agora são fonte de informações com credibilidade”, ressaltou.

O subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, Erico Sangiorgio, explicou que o governo do Estado está alinhando uma parceria entre o DIO/ES e o Arquivo Público. “O Diário Oficial é uma ferramenta mais que eficiente para divulgação dos atos oficiais e estamos desenhando uma nova versão do órgão com o Arquivo Público. Um modelo que trata da gestão da informação”, destacou.

Os participantes acompanharam ainda palestras sobre o momento atual e desafios das imprensas oficiais para os próximos anos; e o andamento dos projetos de interesse do segmento em trâmite no Congresso Nacional.

Além da vice-governadora, Jaqueline Moraes, e do subsecretário de Administração Geral da Seger, Erico Sangiorgio, também participaram da cerimônia de abertura os dirigentes do Arquivo Público: o diretor-geral, Cilmar Cesconetto Francischetto, o diretor técnico Administrativo, Luiz Gonsaga Pimentel Fraga e o coordenador de gestão de documentos, Wagner Santana Bianchi.

Comentários no Facebook