Manifestantes fecham BR-262 em frente à Ceasa

0

Os produtores e compradores que realizam uma manifestação desde a madrugada desta quinta-feira (15) na Central de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa-ES), no bairro Vila Capixaba, em Cariacica, fecharam as vias da BR-262. A interdição aconteceu por volta das 8h15 no quilômetro 296. No momento, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) tenta negociar com os manifestantes a liberação das duas vias.

As primeiras informações dão conta de que a interdição teve início após agentes da PRF terem multado veículos do grupo que realiza o protesto que estavam parados em frente à Ceasa.

Publicidade Publicidade

Os manifestantes se reúnem desde às 2 horas na entrada principal do Ceasa-ES, no bairro Vila Capixaba, em Cariacica, e entre as reivindicações estão as taxas de entrada e saída do local.

Segundo os produtores e compradores, para entrar no Ceasa-ES, cada caminhão precisa pagar R$ 13. Os manifestantes se queixam porque agora esse valor passou a ser cobrado todas as vezes que os veículos entram no local. Antes dessa mudança, os caminhões podiam entrar e sair da central quantas vezes quisessem durante 24 horas, após o pagamento da taxa.

A outra reivindicação do grupo é a entrada de carrinhos clandestinos. Os manifestantes alegam que são credenciados e pagam para ter direito de acessar o local, enquanto que outras pessoas conseguem ter acesso ao local e circulam carregando mercadorias dando prejuízo para aqueles que pagam a taxa de credenciamento.

Os produtores e compradores exigem a presença do presidente da Ceasa-ES no local para negociar a abertura dos portões. Enquanto isso, o trânsito na BR-262 está interidtado nas intermediações da central devido a manifestação. A Polícia Militar também está no local.


DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.