62% rejeitam Eduardo embaixador e 55% criticam falas recentes de Bolsonaro

Pesquisa da XP/Ipespe também mostra que avaliação de ruim/péssimo do governo chegou a 38%, maior índice numérico desde início do mandato

0

62% dos brasileiros são contra e 29% são a favor da indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

Os dados são de uma pesquisa da XP/Ipespe com 1.000 entrevistas por telefone realizadas nos dias 5, 6 e 7 de agosto e divulgada nesta sexta-feira (09). A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Publicidade Publicidade

O nível de rejeição é exatamente o mesmo registrada por uma pesquisa divulgada recentemente pela consultoria Atlas Político com base em entrevistas na internet.

Na quinta-feira, o governo americano concedeu o agrément para que Eduardo assuma o posto, mas a indicação ainda precisa ser aprovada pelo Senado.

Governo e Congresso

A pesquisa da XP/Ipespe mostra também que a avaliação de ruim/péssimo do governo Bolsonaro chegou a 38%, uma alta de 3 pontos percentuais em relação a julho.

Ainda que a variação esteja dentro da margem de erro, este é o maior índice numérico registrado desde o início do mandato. Em fevereiro, o governo tinha apenas 17% de ruim/péssimo.

A avaliação de ótimo/bom ficou em 33% em agosto, na mesma faixa dos 34% registrados ao longo dos meses de maio, junho e julho. A avaliação de regular está em 27%, também inalterada.

Na contramão do governo, a rejeição ao Congresso caiu fora da margem de erro. A taxa de ruim/péssimo foi de 45% para 41% entre julho e agosto, enquanto a de regular subiu de 39% para 43%. A taxa de ótimo/bom segue em 12%.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.