Governador recebe cônsul da Irlanda e discute possibilidade de parcerias

0
Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, recebeu o cônsul geral da Irlanda no Brasil, Barry Tumelty, na manhã desta segunda-feira (13), no Palácio Anchieta, em Vitória. Durante o encontro de cortesia, Casagrande e Tumelty discutiram a possibilidade de criação de projetos conjuntos. O secretário de Estado de Desenvolvimento, Heber Resende, e o diretor presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Denio Rebello Arantes, também estiveram presentes no encontro.

Casagrande reforçou que o Estado está aberto ao diálogo internacional e destacou potencialidades como o equilíbrio fiscal, que permite a consolidação de parcerias para o desenvolvimento econômico e social do Espírito Santo. “Somos um Estado com solidez fiscal. Além disso, concluímos na última semana nosso planejamento estratégico, no qual foram definidos projetos prioritários que acompanharei de perto. Também nos próximos dias, a Assembleia deve votar o projeto de criação do Fundo Soberano, no qual vamos utilizar recursos do presente em benefício das gerações futuras. Tudo isso mostra que estamos muito bem organizados e produz confiança para os investidores”, destacou.

Publicidade

Tumelty esclareceu que já tinha conhecimento das ações realizadas por Casagrande em favor dos capixabas durante sua primeira gestão e que gostaria de conhecer outras potencialidades do Estado. “Sei que o Estado cresceu muito durante a primeira gestão do governador Renato Casagrande e, além de parabenizá-lo pela vitória, queremos discutir pontos estratégicos. A Irlanda possui aspectos semelhantes ao Espírito Santo, como extensão e demografia, e podemos criar projetos nas áreas da educação e tecnologia, por exemplo, nas quais já possuímos grande expertise”, afirmou o cônsul.

Para o secretário Heber Resende, a aproximação com a Irlanda é muito bem-vinda e pode render bons frutos para uma gestão pública inovadora. “A busca pela inovação é uma das prioridades do governador, que já destacou que todas as secretarias terão que desenvolver projetos aliados à tecnologia. Além disso, uma parceria com a Irlanda nos possibilita diversificar nossa base econômica. Certamente, grandes projetos poderão ser desenvolvidos a partir desta primeira conversa”, frisou.

Já o diretor presidente da Fapes acenou para ações na área da educação e agropecuária. “A Irlanda possui um projeto que permite que professores brasileiros passem um ano estudando em seu território, além de serem detentores de importantes pesquisas tecnológicas destinadas à produção de carne e leite. Queremos estudar essas ações com o objetivo de viabilizar a participação de profissionais capixabas”, destacou Denio Arantes.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.