Capacitação para estruturação de projetos estratégicos e programas de governo

0

Gerentes de projetos, servidores que exercem a função de pontos focais e líderes de escritórios de projetos de secretarias e órgãos da administração estadual iniciaram nesta segunda-feira (10) uma capacitação para estruturação de projetos estratégicos e programas do Governo do Espírito Santo, a serem realizados ao longo dos quatro anos da gestão.

Entre os objetivos da capacitação, explica a subsecretária de Planejamento e Projetos da Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP), Joseane Zoghbi, está o de ampliar a capacidade de entregas e resultados da administração estadual para a sociedade capixaba. Aproximadamente 200 profissionais são treinados pela equipe da Subsecretaria.

Publicidade

A capacitação é desenvolvida em um módulo com atividades que serão realizadas ao longo dos dias 10,11, 12, 27 e 28 de junho, das 9 às 17 horas, na Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), em Vitória.

Além da ampliação da capacidade de entregas e resultados, a proposta é também disseminar e consolidar a metodologia de trabalho do PMO-ES, sigla em inglês do Escritório de Projetos do Governo do Estado, que funciona na SEP. Também busca fortalecer a cultura de gestão de projetos na administração estadual e promover a integração entre os gestores de projetos.

Temas

Fazem parte da programação da trilha de capacitação os seguintes temas: Fundamentos de Gerenciamento de Projetos e Atribuições do Gerente de Projetos; Realiza +; Estruturação de Projeto e Sistema de Gerenciamento Estratégico de Projetos do Governo do Espírito Santo (Siges) e Project Model Canvas; com o qual é possível avaliar um projeto inteiro, integrando escopo, tempo, requisitos, stakeholders, etc.

Após a capacitação, a equipe da Subepp desenvolverá um outro trabalho, em cada uma das secretarias e órgãos do governo, como forma de orientar as equipes para a nova etapa, ligada à execução dos projetos e programas governamentais.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.